top of page

Acidente de ônibus com turistas na Itália deixa ao menos 21 mortos

Prefeito da cidade de Mestre classificou a cena como "apocalíptica"

Foto: Reprodução

Ao menos 21 pessoas morreram, incluindo duas crianças, quando um ônibus com turistas caiu de uma ponte em Mestre, na Itália, perto de Veneza, nesta terça-feira (03), no que foi descrito como uma “cena apocalíptica” pelo prefeito da cidade, Luigi Brugnaro.


O ônibus viajava de Veneza para a vizinha Marghera e estava “cheio de pessoas voltando do trabalho para casa”, disse o prefeito à mídia estatal “RAI”. “Saiu completamente da estrada, voou da ponte. Era um ônibus; era uma rodovia. Estamos de luto”, acrescentou. Brugnaro descreveu a cena como “apocalíptica” em publicação em uma rede social.


Francesco Martino, chefe de gabinete da prefeitura de Veneza, disse que 18 pessoas também ficaram feridas no acidente e que as autoridades ainda estão tentando determinar o que o causou. Um conselheiro da cidade acredita que o motorista, um italiano de 40 anos, pode ter passado mal.


O acidente ocorreu no viaduto de uma estrada que vai de Mestre a Marghera e à autoestrada A4, informou o meio de comunicação local “skytg24”. “Após o impacto, o veículo pegou fogo”, escreveu o corpo de bombeiros em publicação numa rede social.


Morris Ceron, diretor-geral do município de Veneza, disse que o veículo se dirigia para um parque de campismo. “A identificação dos corpos está em andamento”, disse. Entre os feridos estão cidadãos ucranianos, franceses, croatas e alemães, disse a prefeita de Veneza, Michele Di Bari.


Tragédia de enormes proporções


Enquanto as autoridades tentam determinar a causa do acidente mortal, a “RAI” informou que o motorista do ônibus, de 40 anos, identificado como Alberto Rizzotto, estava entre os mortos. O conselheiro de trânsito, Renato Boraso, disse à emissora que Rizzotto era especialista e tinha anos de experiência na função.


Luca Zaia, mandatário da região de Veneto, classificou o acidente de ônibus no norte da Itália como “uma tragédia de enormes proporções”. Ele disse que o acidente envolveu alguns menores e “as vítimas e feridos são de várias nacionalidades, não apenas italianos”.


Mais de 20 ambulâncias “foram utilizadas e a ambulância aérea de Treviso também foi chamada ao local”, disse, acrescentando que os feridos foram transportados para hospitais de “Mestre, Mirano, Pádua e Treviso”.


Imagens do local mostraram equipes de resgate perto de um ônibus capotado e amassado abaixo de uma ponte.


Fonte: O Sul


0 comentário

Comments


PUBLICIDADE PADRÃO.png

Destaques aqui no site!

Quem viu esse post, também viu esses!

bottom of page