top of page

Adrielli Gireli: uma história de empreendedorismo e superação

Mãe de dois lindos filhos, Adrielli decidiu transformar o seu gosto pela culinária como sua principal fonte de renda

Nós sabemos que resistir à um bom doce é uma missão quase que impossível. Pensando nisso e com espírito de empreendedora, a jovem, mãe de dois lindos filhos, Adrielli Vieira gireli, decidiu transformar o seu gosto pela culinária como sua principal fonte de renda.


Formada pela URI Santiago em Ciências Contábeis, ela sempre teve a fabricação de doces como uma alternativa pra aumentar seus ganhos, fazendo de seus colegas e amigos mais próximos os seus primeiros clientes.


“Em meio a rotina de estudos e trabalhos eu me dediquei a produzir chocolates artesanais como trufas e ovos de Páscoa por exemplo. Sempre ia para faculdade com várias trufas e voltava sem nada, e cada vez fui fazendo mais”, explicou Adrielli.

Ela que, até então residia em Santiago, por motivos pessoais precisou ir morar no município de Unistalda, onde nasceu seu segundo filho e, como sua vontade de ter a independência financeira sempre falou mais alto, encontrou a oportunidade de aumentar seu negócio, começando a divulgar assiduamente em suas redes socias tudo que fazia.


“Eu não tinha nenhum dinheiro, nem mesmo para os materiais, e consegui emprestado R$300 para comprar o que precisava, e foi com este valor que inicie a história da Deliciê Doces”, conta.

Segundo ela as primeiras vinte (20) caixas de doces foram vendidas em menos de uma hora. “Assim que vendi, imediatamente fiz mais vinte (20) que também saíram rapidinho”, ressalta com entusiasmo.


Com o aumento de pedidos e um bebê, Adrielli não viu problema em levar seu pequeno Martin, que na época tinha apenas dois meses, junto em cada endereço que faria suas estregas.


Aos poucos o nome Deliciê Doces começou a ficar popular e as encomendas que eram apenas de poucas unidades, começaram a se tornar maiores, com produções para festas de casamentos e 15 anos, por exemplo.


Após a produção para a primeira páscoa da Deliciê no interior, a empresária viu que a proporção estava expandindo ainda mais:


“Já estava entregando em santiago, Unistalda e São Borja, onde mora minha família, e assim resolvi montar a minha primeira loja física em Unistalda”, contou.

E, foi apenas dois anos após, que Adrielli atendendo aos pedidos de seus inúmeros clientes, decidiu abrir também uma loja física em Santiago que fica localizada na rua Marechal Deodoro 1067.


“Nosso carro chefe aqui na Deliciê são os copos da felicidade e brigadeiros gourmet”, afirmando que a produção dos mesmos ultrapassa a marca mensal de dez (10) mil unidades, fora as outras variedades como tortas, doces para festa, doces finos, tortas personalizadas, bolos vulcões e várias outras sobremesas. Hoje a Deliciê conta com uma equipe de seis (06) colaboradores fixos e mais duas free lance.


Como o amor pela profissão levou a jovem a tão longe, ela também decidiu proporcionar para outras pessoas esta oportunidade de aprender a produzir doces de qualidade ministrando, desta forma, cursos profissionalizantes, inclusive no Instituto Mix no município de São Borja.


“Ao todo já formei cento e cinquenta alunas (150) e meus planos é de seguir este projeto, ensinando o que sei na área e ajudando outras pessoas a empreenderem”, finalizou.

Texto: Franciele Sagrilo - Jornal A Folha

0 comentário

Comments


PUBLICIDADE PADRÃO.png

Destaques aqui no site!

Quem viu esse post, também viu esses!

bottom of page