top of page

Alunos encontram suástica nazista e ofensas racistas em parede de banheiro da UFSM

Polícia Federal trabalha para tentar identificar os autores. É o terceiro caso do tipo registrado na universidade em seis meses

Foto: RBS TV - Reprodução

Pela terceira vez em seis meses, um caso de apologia ao nazismo e de racismo foi registrado na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Desta vez, alunos encontraram na parede do banheiro do restaurante universitário do campus no bairro Camobi uma suástica nazista e ofensas de cunho racista.


De acordo com a reitoria da UFSM, o local chegou a ser interditado para que a Polícia Federal (PF) fizesse o trabalho de perícia. Encerrado o levantamento de provas, o espaço voltou a ser liberado para o público.


"Mais uma vez, tivemos um caso de racismo na nossa universidade. Outro fato covarde que acontece. A Polícia Federal está investigando e abrimos um procedimento administrativo para tentar identificar quem fez isso", disse o reitor Luciano Schuch.


Apesar do esforço da UFSM e da PF, o reitor Schuch disse que responsabilizar alguém é difícil. Nos casos parecidos registrados na universidade em janeiro deste ano, que aconteceu no banheiro do Centro de Tecnologia, e em setembro do ano passado, também no banheiro do restaurante universitário, houve o arquivamento tanto dos inquéritos policiais quanto dos procedimentos administrativos. O motivo foi a impossibilidade de identificar suspeitos.

"Por isso, temos feito campanhas de conscientização e incentivado denúncias", afirma o reitor Schuch.


A UFSM recebe denúncias via ouvidoria pelo telefone (55) 3220-8000 e pelo site da instituição.


Fonte: G1 RS


0 comentário

Comentários


PUBLICIDADE PADRÃO.png

Destaques aqui no site!

Quem viu esse post, também viu esses!

bottom of page