top of page

Chuvas em volumes elevados persistirão durante a semana, alerta Defesa Civil RS

São esperados volumes que variam de 70 mm/dia e 110 mm/dia nas regiões Missões, Noroeste, Centro, Vales e Metropolitana

Foto: Gustavo Garbino | PMC

Nos próximos dias, seguirão as precipitações em volumes elevados, a exemplo do que ocorreu no fim de semana, que teve chuvas fortes no Estado.


Em razão disso, as equipes do Centro de Operações da Defesa Civil do Rio Grande do Sul e a Sala de Situação da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema) seguem monitorando as condições hidrometeorológicas.


Nas últimas 48 horas, de acordo com o Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres (Cemaden), os municípios que registraram os maiores volumes de chuva foram Caçapava do Sul (155,4 mm), Encruzilhada do Sul (140,8 mm) e Dom Pedrito (124,6 mm). Os dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) indicam Bagé (161,8 mm), Dom Pedrito (149,6 mm) e Encruzilhada do Sul (122,6 mm).


Santo Antônio da Patrulha reportou danos após chuvas intensas e granizo. A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil já atendeu a população e distribuiu lonas aos afetados. Em Cachoeira do Sul também houve chuvas e ventos intensos, além de granizo, e ainda não há informações sobre danos ou afetados.


Na tarde de domingo (12/11), a Defesa Civil realizou uma reunião de alinhamento com sua equipe e integrantes da Sala de Situação, da Brigada Militar e do Corpo de Bombeiros Militar a fim de apresentar a previsão para os próximos dias.


De acordo com a equipe de meteorologistas e hidrólogos, na segunda-feira (13/11), as chuvas intensas e volumosas ocorrerão na região da Campanha e na Metade Norte, devido à atuação de uma região de baixa pressão e ao fluxo de umidade.


São esperados volumes que variam de 70 mm/dia e 110 mm/dia nas regiões Missões, Noroeste, Centro, Vales e Metropolitana. Não se descarta a possibilidade de temporais com eventual queda de granizo e rajadas intensas de vento.


Na terça-feira (14/11), as chuvas seguirão persistentes e volumosas na Metade Norte, nos Vales e na Região Metropolitana. A tendência é que na quarta-feira (15/11) ocorrerão temporais com chuvas pontualmente fortes, eventual queda de granizo e rajadas de vento na Metade Norte, devido à atuação de uma região de baixa pressão juntamente com o fluxo de umidade vindo do Norte.


As equipes da Defesa Civil seguem acompanhando a evolução do evento climático, apoiando os municípios que demandam e atuando em sinergia com outros órgãos e forças de resposta para apoio, em caso de desastre.


Texto: Sabrina Rivas/Ascom Defesa Civil

0 comentário

Comments


PUBLICIDADE PADRÃO.png

Destaques aqui no site!

Quem viu esse post, também viu esses!

bottom of page