top of page

Com alta do Rio Caí, 1,2 mil moradores ficam fora de casa em Montenegro

Água no município atingiu cerca de 1,60 metro acima da cota de inundação, de seis metros. Dois abrigos foram abertos para receber cerca de 200 pessoas

A elevação do Rio Caí levou moradores de Montenegro, no Vale do Caí, a 63 km de Porto Alegre, a abandonar as residências. Cerca de 1,2 mil estão fora de casa, e dois abrigos foram abertos pelo município para acolher, aproximadamente, 200 pessoas.


Às 2h, o rio que banha o município atingia 7,59 metros – 1,59 metro acima da cota de inundação. Segundo o Corpo de Bombeiros, pelo menos 30 pessoas foram resgatadas entre a noite de segunda e a madrugada de terça, devido à cheia.


A região segue em alerta, já que as chuvas devem persistir até quarta-feira (19). Em São Sebastião do Caí, município vizinho, foram registrados cerca de 71 milímetros de precipitação nas últimas 96 horas, segundo a Climatempo.


Ao longo da terça, os bombeiros vistoriam os locais atingidos pela água. Em áreas inundadas, onde o acesso só é possível de barco, eles tentam identificar moradores que precisam de ajuda.


"A preocupação é que esse volume possa aumentar. Vamos aguardar para que, talvez, não ocorra. E que a gente passe bem mais uma vez", afirma o prefeito da cidade, Gustavo Zanatta.

22 municípios registraram danos


Com as chuvas que atingiram o Rio Grande do Sul a partir de sexta-feira (14), 22 municípios registraram danos à Defesa Civil (confira abaixo a relação completa). Em sete deles, foi necessário retirar moradores de áreas de risco.


Em Maquiné, no Litoral Norte, duas mil pessoas estão isoladas após o aumento do nível do Rio Maquiné. Dois trechos da RS-484 e um da RS-239 ficaram submersos, bloqueando o acesso ao distrito de Barra do Ouro, na cidade.


Em São Luiz Gonzaga, na Região Noroeste do Rio Grande do Sul, 400 pessoas ficaram desalojadas, uma ferida e cerca de 15 mil afetadas, após registrar estragos ao ser atingida por uma microexplosão no final de semana.


A região da Serra é uma das mais castigadas pelas chuvas. Em Caxias do Sul foram registrados 183,8 milímetros de chuva nas últimas 72 horas, de acordo com a Climatempo. Em Santa Tereza, 80 pessoas estão fora de casa desde domingo (16) em razão da alta do Rio Taquari.


Já em Dom Pedro de Alcântara, no Litoral Norte, um movimento de massa levou ao desmoronamento de um santuário, sem registro de feridos.


Municípios afetados pelas chuvas


  • São Luiz Gonzaga

  • Maquiné

  • Dom Pedro de Alcântara

  • Igrejinha (retirada de moradores de área de risco)

  • Montenegro (retirada de moradores de área de risco)

  • Parobé (retirada de moradores de área de risco)

  • Rolante (retirada de moradores de área de risco)

  • Taquara (retirada de moradores de área de risco)

  • Três Coroas (retirada de moradores de área de risco)

  • Vale Real (retirada de moradores de área de risco)

  • Arvorezinha

  • Bento Gonçalves

  • Boqueirão do Leão

  • Canela

  • Capão da Canoa

  • Caxias do Sul

  • Coqueiro Baixo

  • Mampituba

  • Pareci Novo

  • Roca Sales

  • Rio Pardo

  • São Vendelino


Fonte: G1 RS

0 comentário

תגובות


PUBLICIDADE PADRÃO.png

Destaques aqui no site!

Quem viu esse post, também viu esses!

bottom of page