top of page

Denarc realiza maior apreensão de valores em espécie durante Operação Valorem

R$ 824 mil foram apreendidos na cidade de São Leopoldo

Foto: Policia Civil

A Polícia Civil, por meio da 3ª Delegacia de Investigações do Narcotráfico (DIN) realizou, nesta segunda-feira (22/5), a apreensão da maior quantidade de valores em espécie da história do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc). Foram R$824 mil reais localizados durante a Operação Valorem, deflagrada em São Leopoldo. A ação também apreendeu drogas e armas de fogo e prendeu um homem em flagrante.


Segundo o Delegado Gabriel Borges, a investigação iniciou após o recebimento de denúncias de que um homem era responsável por fornecer grande quantidade de drogas no Vale do Sinos e arrecadar o valor da venda desses entorpecentes. Com o monitoramento do suspeito, foi possível constatar que ele utilizava dois imóveis para a prática criminosa. Ele foi abordado quando saía de um dos locais. Com ele, em um veículo, foi localizado 1kg de cocaína.

Foto: Policia Civil

Diante da situação de flagrante, a equipe ingressou no domicílio, onde foi localizada uma pistola calibre 9mm com carregadores e diversas munições. Os policiais também encontraram balanças de precisão e uma máquina de contar dinheiro.


No segundo imóvel frequentado pelo suspeito, em São Leopoldo, foi localizado um laboratório de produção de entorpecentes, onde foram apreendidas balanças, liquidificador, bacias, uma prensa hidráulica, 12 kg de cocaína, 10 kg de crack e mais 2 pistolas calibre 9mm com numeração suprimida.


Neste mesmo imóvel, foi apreendida a quantia de R$ 824 mil, oriunda da venda de drogas. Os policiais responsáveis pela apreensão demoraram mais de 5 horas para contabilizar o dinheiro. O montante indica a forte vinculação com a organização criminosa que atua na região.


O Delegado Gabriel Borges ressalta que a ação ataca o patrimônio do crime organizado, sendo uma das principais diretrizes do Denarc.


O Delegado Alencar Carraro, Diretor de Investigações do Narcotráfico, ressalta que o Departamento tem como prioridade combater e enfraquecer as organizações criminosas, retirando de sua posse drogas, armas e grande quantidade de valores em espécie.


O Delegado Carlos Wendt, diretor-geral do Denarc, destaca que trata-se da maior apreensão de valores em espécie do Departamento, indo ao encontro do foco de descapitalizar as organizações criminosas.


Fonte: Policia Civil RS

0 comentário

Comments


PUBLICIDADE PADRÃO.png

Destaques aqui no site!

Quem viu esse post, também viu esses!

bottom of page