top of page

EXCLUSIVO: Vídeos das torturas praticadas pela facção que atuava em São Francisco de Assis

Em um deles um jovem, devido à divida por entorpecentes, recebe um tiro nas mãos; A partir desses vídeos um inquérito foi instaurado para apurar os fatos, finalizando com a Operação Morpheu

Imagens: Reprodução

Nossa equipe teve acesso com exclusividade aos vídeos que rodaram os aplicativos de trocas de mensagens em 2021, e que posteriormente chegaram até a Polícia Civil, acarretando em uma investigação que culminou na Operação Morpheu, desencadeada na última terça-feira (13/12), no município de São Francisco de Assis.


Neles é possível conferir a violência em que os criminosos de uma facção que atuava no município, cobrava as dívidas de usuários de entorpecentes. No primeiro, um jovem acaba recebendo um disparo de arma de fogo nas mãos.


No segundo, outro jovem aparece com um corte na cabeça, implorando para não ser morto pelo criminoso que gravava a ação. Confira os vídeos abaixo:

O Caso


Em novembro de 2021, iniciou-se uma investigação relacionada ao Tráfico de Drogas e Associação ao Tráfico após a prisão de suspeitos que utilizavam de tortura para cobrar dívidas de drogas. Em meados de 2022, foi instaurado um Inquérito Policial com intuito de identificar a organização criminosa atuante em São Francisco de Assis, bem como os integrantes desta facção.


Com o avançar das investigações, verificou-se que as ordens para venda, cobrança, transporte de drogas eram oriundas de dentro dos presídios estaduais, principalmente da penitenciária de Charqueadas. Também participavam do comando do tráfico de drogas, apenados do presídio Estadual de Santa Maria e de São Francisco de Assis.


Na cidade de São Francisco de Assis foram identificados inúmeros pontos de venda de entorpecentes, principalmente no Bairro João XXIII, local em que se concentrava o maior número de pontos de venda.


Ainda durante a investigação policial foi apreendido grande quantidade de drogas, armas, celulares e dinheiro. Também houve prisão em flagrante de delito, no momento em que traficavam o produto ilícito. O grupo criminoso utilizava menores de idade para auxiliá-los na comercialização dos entorpecentes.


O Desfecho


Após mais de um ano de investigação policial, identificou-se os integrantes da facção criminosa enraizada na capital do Estado e com ramificações no interior do RS. Diante dos fartos elementos probatórios colhidos na investigação policial, foi representado pela decretação da prisão preventiva de 52 suspeitos e por 40 mandados de Busca e Apreensão que foram cumpridos nas cidades de Charqueadas, Santa Maria, Santiago, São Sepé e São Francisco de Assis. Além destas medidas, também foram apreendidos veículos (automóveis e motocicletas) dos integrantes da facção criminosa.


Aproximadamente 250 Policiais Civis participaram da Operação Morpheu nas cidades já mencionadas. Foram deslocadas 50 viaturas policiais além de apoio aéreo do helicóptero da PC RS.


Texto pós vídeo: Policia Civil







0 comentário

Comments


PUBLICIDADE PADRÃO.png

Destaques aqui no site!

Quem viu esse post, também viu esses!

bottom of page