top of page

Governo mantém previsão do salário mínimo de R$ 1.502 para 2025

Aumento de 6,4% consta da edição de maio do Boletim Macrofiscal, divulgada pela Secretaria de Política Econômica do Ministério da Fazenda

O salário mínimo deve chegar a R$ 1.502 a partir de 2025. O aumento será de 6,4%, R$ 90 a mais do valor atual, de R$ 1.412. A previsão consta da edição de maio do Boletim Macrofiscal, divulgada pela SPE (Secretaria de Política Econômica) do Ministério da Fazenda.


O PLDO (Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2025, enviado ao Congresso Nacional em abril, já previa este valor para o mínimo. Mas o número ainda pode mudar, já que o reajuste do piso nacional depende das projeções para a inflação e de eventuais revisões do PIB (Produto Interno Bruto).


A nova grade de parâmetros revela aumento das perspectivas de inflação medidas pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), o qual o reajuste do salário mínimo é baseado. A atual estimativa é de alta de 3,5% em 2024 (frente 3,25%, na grade anterior).


A regra adotada desde o ano passado para o reajuste do salário mínimo segue a política de valorização, para garantir um aumento real, acima da inflação. A fórmula é a soma da inflação medida pelo INPC, acumulada em 12 meses até novembro do ano anterior, de 3,5% até agora, mais a variação do PIB de dois anos antes, de 2,9%.


Veja os últimos reajustes do salário mínimo


  • 2024 – R$ 1.412 (6,97%)

  • 2023 – R$ 1.320,00 (8,91%)

  • 2022 – R$ 1.212,00 (10,04%)

  • 2021 – R$ 1.100,00 (5,2%)

  • 2020 – R$ 1.045,00 (4,7%)

  • 2019 – R$ 998,00 (4,6%)

  • 2018 – R$ 954,00 (1,8%)

  • 2017 – R$ 937,00 (6,48%)

  • 2016 – R$ 880,00 (11,6%)


Impacto


O valor do salário mínimo tem impacto não só na remuneração dos trabalhadores, mas também nos benefícios. Entre eles estão aposentadorias, pensões e outros auxílios pagos pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), além do seguro-desemprego, no abono salarial PIS/Pasep e do BCP (Benefício da Prestação Continuada).


Segundo o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), o salário mínimo é a base da remuneração de 60,3 milhões de trabalhadores e beneficiários do INSS.


O órgão estima mensalmente o valor do salário mínimo necessário baseado no custo da cesta básica. Em abril, o salário mínimo necessário para a manutenção de uma família de quatro pessoas deveria ser de R$ 6.912,69 ou 4,90 vezes o mínimo atual de R$ 1.412,00.


Fonte: R7

0 comentário

Comentarios


PUBLICIDADE PADRÃO.png

Destaques aqui no site!

Quem viu esse post, também viu esses!

bottom of page