top of page

Homem é preso e confessa ter matado companheira e vizinho a marteladas em Gramado

Corpo da mulher foi encontrado na tarde deste sábado no pátio da residência do suspeito, no bairro Prinstrop. Segunda vítima foi achada morta dentro de casa

Foto: Policia Civil

Um homem de 40 anos foi preso na tarde deste sábado (26) por matar a companheira e um vizinho a marteladas em Gramado, na Serra gaúcha.


Para a Polícia Civil, ele confessou ter enterrado o corpo de Lidiane Jurema dos Santos Pinto Carvalho, de 42 anos, no pátio de sua casa, no bairro Prinstrop, após cometer o crime na noite da última terça-feira (22).


Já José Noeli Fogassa da Silva, de 76 anos, que morava na mesma rua em que o suspeito, foi morto dentro da própria residência na noite de sexta-feira (25), onde foi encontrado neste sábado.


O delegado Gustavo Barcellos, responsável pela investigação, diz que o homem indicou à Polícia o local onde havia ocultado o cadáver da companheira.


O corpo de Lidiane foi localizado neste sábado. O desaparecimento da moradora de Gramado havia sido registrado na delegacia na última quinta-feira (24).


Os crimes, segundo o delegado, teriam sido motivados por ciúmes. Para a Polícia, o homem disse que também planejava matar uma terceira pessoa.

Foto: Policia Civil

Prisão


Por volta das 14 horas deste sábado, populares chamaram a Brigada Militar (BM) para denunciar que Silva teria sido agredido. Ao chegar a casa do idoso, a BM o encontrou sem vida. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) contatou o óbito. Logo depois, o suspeito foi abordado e preso pelos policiais militares.


Após a prisão, o delegado diz que a Polícia Civil foi ao local.


"Buscamos imagens e outros meios de prova para confirmar o envolvimento desse suspeito no crime. Se confirmou então esse envolvimento em conversa com o suspeito."

O Instituto-Geral de Perícias (IGP) foi acionado para fazer a necropsia dos corpos. O laudo deverá confirmar se as vítimas realmente foram assassinada com golpes de martelo. A arma foi recolhida pela Polícia e também foi encaminhada para perícia.


O preso já cumpria pena em regime semiaberto, com uso de tornozeleira eletrônica. Ele foi encaminhado para o sistema prisional.

Ele responderá pelos crimes de feminicídio, contra a mulher, e homicídio doloso, contra o vizinho. 


Fonte: Jornal VS

0 comentário

留言


PUBLICIDADE PADRÃO.png

Destaques aqui no site!

Quem viu esse post, também viu esses!

bottom of page