top of page

Lula e Bolsonaro disputarão segundo turno à Presidência

O encontro entre os dois principais rivais está marcado para o dia 30 de outubro, último domingo deste mês

As eleições presidenciais do Brasil serão definidas em segundo turno. Com 97,07% das urnas apuradas, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) obteve 47,07 % (54.887.668 milhões) dos votos válidos no primeiro turno da eleição neste domingo. O atual presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), conquistou 47,88 % (50.117.086 milhões) dos votos válidos. O segundo turno ocorrerá no dia 30 de outubro.


Por duas horas do início da apuração, Bolsonaro se manteve em primeiro lugar na disputa. A virada veio por volta das 20h e, deste então, o petista aumentou a diferença.


Em uma campanha polarizada, não existiu espaço para a terceira via no eleitorado brasileiro. Simone Tebet (MDB) e Ciro Gomes (PDT) alcançaram, respectivamente, 4,21 % e 3,05 % dos votos válidos, distante dos líderes.


Bolsonaro tenta reeleição


Jair Messias Bolsonaro, 67 anos, é militar reformado, chegando a capitão do Exército. É o 38º presidente do Brasil, cargo que assumiu em 1º de janeiro de 2019. Foi deputado federal pelo Rio de Janeiro entre 1991 e 2018. Nasceu em 1955, no município de Glicério, no interior do estado de São Paulo, mas morou em várias cidades paulistas.


Formou-se na Academia Militar das Agulhas Negras em 1977. Posteriormente, serviu nos grupos de artilharia de campanha e paraquedismo do Exército. É pai de cinco filhos.


O candidato a vice-presidente na chapa é o militar da reserva Walter Souza Braga Netto. Ele nasceu em Belo Horizonte em 1957 e alcançou o posto de general no Exército. De fevereiro de 2018 a janeiro de 2019, chefiou a intervenção federal no Rio de Janeiro. Foi comandante Militar do Leste até fevereiro de 2019, quando assumiu a chefia do Estado-Maior do Exército. Em fevereiro de 2020, assumiu o cargo de ministro-chefe da Casa Civil. Em março de 2021, foi nomeado ministro da Defesa.


Lula tenta comandar o país pela terceira vez


Luiz Inácio Lula da Silva, de 76 anos, nasceu em Garanhuns (PE) e iniciou sua trajetória política como sindicalista em 1966. Foi presidente da República por dois mandatos a partir de 2003, depois de ser eleito em 2002, em disputa no segundo turno das eleições com José Serra (PSDB).


Em 2006, Lula venceu Geraldo Alckmin (à época, do PSDB), atual candidato à Vice-Presidência, sendo reeleito ao cargo. A primeira vez que disputou a Presidência foi em 1989, sendo derrotado por Fernando Collor de Melo. Antes de ser eleito, tentou mais duas vezes, em 1994 e 1998, quando perdeu para Fernando Henrique Cardoso em ambas.


Em 2017, foi condenado a nove anos e seis meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro. Em 2018, teve a prisão decretada pelo então juiz Sergio Moro. Em 2021, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin anulou as condenações, por entender que a 13ª Vara Federal em Curitiba não tinha competência legal para julgar as acusações, tornando Lula elegível, decisão confirmada em plenário pelo Supremo no mesmo ano.


O candidato a vice-presidente na chapa é o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSB). Nascido em Pindamonhangaba (SP), tem 68 anos, é médico e professor. Um dos fundadores do PSDB, Alckmin foi governador de São Paulo em duas ocasiões: de 2001 a 2006 e de 2011 a 2018, comandando o governo paulista por mais tempo desde a redemocratização do Brasil.


Fonte: Correio do Povo



0 comentário

Comentários


PUBLICIDADE PADRÃO.png

Destaques aqui no site!

Quem viu esse post, também viu esses!

bottom of page