top of page

“Mamonas Assassinas” é o filme brasileiro com maior estreia desde a pandemia

Cinebiografia da banda foi o longa brasileiro com maior número de salas no dia de estreia desde 2020

Foto: Edu Moraes

A cinebiografia da banda Mamonas Assassinas registrou a maior bilheteria no dia de estreia de um filme brasileiro desde 2020. “Mamonas Assassinas: O Filme” estreou em 1.054 salas e em 695 cinemas na última quinta-feira (28), o que faz do lançamento ser o maior desde a pandemia e o terceiro maior nos últimos cinco anos.


Os dados são do Iboe/Rentrak e foram divulgados pela Sinny Assessoria.


Com direção de Edson Spinello e roteiro assinado por Carlos Lombardi, a cinebiografia acompanha a trajetória da banda que marcou o país e foi um dos maiores sucesso de rock do Brasil.


O filme é estrelado por Ruy Brissac, Rhener Freitas, Adriano Tunes, Robson Lima e Beto Hinoto, que interpretam os músicosDinho, Sérgio Reoli, Samuel Reoli, Júlio Rasec e Bento.


Com apenas um álbum lançado, os Mamonas Assassinas viraram febre com suas músicas cômicas e irreverentes. Marcaram a década de 90 com os sucessos “Pelados em Santos”, “Vira-Vira” e “Robocop Gay”.


O grupo começou em Guarulhos, em 1995, mas teve fim trágico em 1996. Ao voltar de um show de Brasília, o jatinho em que a banda estava se chocou contra a Serra da Cantareira e resultou na morte de todos os tripulantes.


Fonte: CNN Brasil

0 comentário

Comentarios


PUBLICIDADE PADRÃO.png

Destaques aqui no site!

Quem viu esse post, também viu esses!

bottom of page