top of page

Mulher é atropelada, sequestrada e estuprada por motorista na Serra

Depois do crime, o abusador e sequestrador jogou o carro de um precipício; ele continua foragido

Foto: Brigada Militar

Uma moradora de Santa Maria do Herval foi estuprada depois de ser atropelada e sequestrada no Centro do Município na manhã de domingo, 12.

De acordo com o registro da ocorrência policial, a vítima relatou que estava fazendo uma caminhada na rua Professor Laurindo Vier, por volta das 9h, quando foi atingida por um automóvel. O condutor teria parado, “socorrido” a mulher, colocando-a no carro para levá-la [supostamente] ao hospital.


No entanto, mesmo estando próximo ao ambulatório da cidade, o sujeito teria seguido adiante. Na altura da Estrada Linha Moreira, em Gramado, teria parado, sacado uma arma e estuprado-a.


Segundo a vítima, antes que fosse ameaçada com a arma de fogo, ela teria sido amarrada por ele dentro do veículo [desvencilhando-se depois]. A vítima informou que teria entrado em luta corporal com o criminoso, desarmando-o e fugindo em direção ao matagal, onde encontrou populares e pediu por ajuda.

Ela foi internada no Hospital Arcanjo São Miguel, em Gramado/RS, sem risco de morte.


Os policiais mostraram a foto do suspeito para a vítima, conhecido por este modo de atuar, que o reconheceu como sendo o autor do acidente e do estupro. Informou que o carro era um Gol, cor branca, o qual teve o para-brisa quebrado em virtude da colisão no momento do acidente.

CARRO FOI JOGADO DE UM PRECIPÍCIO


Foto: Brigada Militar

A reportagem do site O Diário falou com o tenente Marco Antônio Ritter, comandante do 3º Batalhão Ambiental da Brigada Militar de Canela. Ele contou que, ainda no domingo, logo após o socorro da vítima, receberam a informação de que um veículo havia sido arremessado no Morro do Dedão – um ponto turístico local.


Os policiais foram ao local e localizaram, na parte da estrada, vestígios como o para-choque do veículo. Equipes do Corpo de Bombeiros Militar de Canela foram acionadas e tentaram chegar ao carro através de uma incursão de rapel e, também, pelo chão. No entanto, começou a escurecer e não conseguiram.


No dia seguinte, na segunda-feira, 13, os policiais realizaram nova ação, na tentativa de localizar o suspeito.



“Pelo modus operandi, no domingo ainda, já vinculamos a um individuo de Canela. Ele já havia cometido alguns crimes com este mesmo modus operandi, atropelando, dizendo que iria socorrer e estuprando. Há uns anos foi preso por estupro e estava respondendo em liberdade”, explicou o comandante, dizendo que ele também já foi preso por uma tentativa de furto a banco em Santa Maria do Herval e, agora, estava com tornozeleira, a qual teria sido rompida, estando na situação de fugitivo.

Na terça-feira (14/02), os policiais foram em nova patrulha para o Morro do Dedã e localizaram o carro. Ele estava suspenso numa altura de vários metros, preso a cipós com as rodas para cima e totalmente instável, em local de difícil acesso – tanto que não era possível chegar ao carro para pegar vestígios para a investigação.


Com técnicas de escalada, subiram e cortaram os cipós e galhos, fazendo com que o veículo caísse no chão. Conseguiram retirar o material necessário para a investigação e encaminharam para a Delegacia de Polícia Civil de Canela. Foi verificado através do chassi, que o carro havia sido furtado há poucos dias em Parobé. O indivíduo suspeito continua foragido. Seu nome não foi divulgado pelas autoridades policiais.


Foto: Brigada Militar

Fonte: O Diário

0 comentário

Commenti


PUBLICIDADE PADRÃO.png

Destaques aqui no site!

Quem viu esse post, também viu esses!

bottom of page