top of page

Operação encontra alimentos vencidos e apreende quase 10 toneladas de carne em São Luiz Gonzaga

O estabelecimento foi autuado e teve a interdição do depósito, da padaria e do açougue


Agentes da força-tarefa do Programa Segurança Alimentar RS apreenderam, em fiscalização realizada nesta quarta-feira, 10 de agosto, 10 toneladas de alimentos impróprios para o consumo em um mercado de São Luiz Gonzaga. O estabelecimento foi autuado e teve a interdição do depósito, da padaria e do açougue. Duas pessoas foram conduzidas para a Delegacia de Polícia.


Conforme o coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) – Segurança Alimentar, Alcindo Luz Bastos da Silva Filho, esta foi uma das maiores operações já realizadas.


“Certamente esta esteve entre as cinco maiores operações da força-tarefa do programa, ainda mais se tratando de apenas um local conter toda essa quantidade de alimentos irregulares”, destacou.

As irregularidades encontradas durante a fiscalização foram alimentos com o prazo de validade vencido – alguns itens há dois anos –, carne sem procedência e com carimbos de outras localidades e até mesmo falsos.


Em torno de 300 dúzias de ovos foram apreendidos. O promotor salientou que o estabelecimento ainda emitiu notas fiscais durante a ação para tentar evitar a apreensão dos produtos.


A fiscalização ocorreu a pedido do promotor de Justiça de São Luiz Gonzaga Sandro Loureiro Marones e contou com a participação dos servidores do Gaeco – Segurança Alimentar, representantes da Vigilância Sanitária Municipal de São Luiz Gonzaga, Serviço de Inspeção Municipal de São Luiz Gonzaga, Secretaria Estadual da Saúde, Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR), Delegacia de Polícia de Proteção ao Consumidor (Decon) e da Patrulha Ambiental da Brigada Militar (Patram).


Também esteve presente na fiscalização, a Secretária da Saúde de São Luiz Gonzaga, Clari Ramborger.


Os responsáveis foram conduzidos à Delegacia de Polícia pelos agentes do Departamento Estadual de Investigação Criminal (DEIC).


Fonte: Ministério Público


0 comentário

Comentarios


PUBLICIDADE PADRÃO.png

Destaques aqui no site!

Quem viu esse post, também viu esses!

bottom of page