top of page

Prefeitura de Santa Maria decreta estado de emergência em função dos estragos causados pelo temporal

A medida agiliza os procedimentos de resposta do Executivo e resguarda a prerrogativa de buscar recursos externos futuros, caso preciso

A Prefeitura Municipal de Sanata Maria expediu, na tarde desta quarta-feira (17), o Decreto Executivo nº 8/2024, que declara situação de emergência nas áreas afetadas pelas chuvas intensas e vendaval - Classificação e Codificação Brasileira de Desastres (Cobrade) 1.3.2.1.4 e 1.3.2.1.5, conforme Portaria nº 260/2022 - MDR.


A medida agiliza os procedimentos de resposta do Executivo e resguarda a prerrogativa de buscar recursos externos futuros, caso preciso. No entanto, segundo o chefe de gabinete do prefeito, Alexandre Lima, o Município tem os recursos e as condições de dar as respostas necessárias para a população afetada.


"Esse decreto reforça o estado de alerta que nos encontramos neste momento. Seguimos atentos às previsões de fortes chuvas e rajadas de ventos. Continuaremos atuantes para dar todo o suporte às famílias atingidas pelo temporal, com a distribuição de lonas e telhas ou até oferecendo abrigo às pessoas desalojadas", pontua o prefeito em exercício, Rodrigo Decimo.

A decisão leva em conta que a ação dos ventos, superiores a 80km/h, causaram queda de árvores e falta de energia em quase toda a área do município, gerando danos e prejuízos sociais e materiais. Também considera que as chuvas intensas, superiores a 70mm em pequeno intervalo de tempo, gerou pontos de alagamento, potencializaram danos em residências e prédios e causaram transtornos na mobilidade urbana. O levantamento para mensurar os danos está em andamento, mas estimativas da Defesa Civil Municipal apontam que mais de 300 casas foram afetadas pelo temporal.


“O Rodrigo Decimo, nosso prefeito em exercício, assinou agora de tarde o decreto colocando Santa Maria em situação de emergência, muito embora dentro dos critérios do Governo do Estado, da Defesa Civil Estadual, nós estejamos em situação de normalidade. Mas não vamos deixar de estar em situação de alerta, alerta máximo. Até porque foi graças aos alertas que fizemos nosso planejamento, de forma séria e responsável, e conseguimos montar imediatamente o gabinete de solução, integrando os órgãos públicos para dar uma pronta resposta para a população. Asseguramos que todas as pessoas prejudicadas pelo temporal vão ser atendidas”, declarou o prefeito Jorge Pozzobom que, mesmo em férias, acompanha o comitê de monitoramento montado no Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp).

Fonte: 24Horas Notícias


Texto: Lenon de Paula

0 comentário

Comments


PUBLICIDADE PADRÃO.png

Destaques aqui no site!

Quem viu esse post, também viu esses!

bottom of page