top of page

Retorno de frente fria provoca chuva no RS; instabilidade não deve repetir temporais de maio, aponta Climatempo

Acumulado deve variar de 100 a 200 milímetros entre sábado (15) e terça-feira (18). Chuva começa no sul do estado, nesta sexta (14), avançando para demais regiões no final de semana

O Rio Grande do Sul tem previsão de chuva com intensidades moderada e forte a partir desta sexta-feira (14), no Rio Grande do Sul. A instabilidade é provocada pelo retorno de uma frente fria.


A chuva começa na sexta, em alguns pontos do sul gaúcho. A partir de sábado (15), a metade norte do estado passa a ser atingida, incluindo as regiões Norte, Noroeste, Serra, Vales, Metropolitana e Litoral.


Os volumes acumulados de chuva devem ultrapassar os 100 milímetros e chegar até 200 milímetros até terça-feira (18), segundo a Defesa Civil e a Sala de Situação do estado. Os números são semelhantes à média do mês inteiro, de acordo com a Climatempo.


A meteorologista Josélia Pegorim, da Climatempo, explica que o fenômeno não deve provocar os mesmos impactos que os temporais de maio.


"Nós não teremos agora, neste episódio, os mesmos volumes de chuva extremos como nós tivemos durante o mês de maio. E, além disso, esta chuva não vai ser nem tão volumosa e nem vai se prolongar por tantos dias como aconteceu", diz.

A Defesa Civil afirma que já está articulando junto às prefeituras a adoção de medidas preventivas, especialmente em locais com pequenos rios, córregos e sistemas de escoamento. Nessas áreas, pode ser necessária ação de manutenção e limpeza, permitindo a vazão da água.


CONFIRA A REVISÃO PARA SANTIAGO



Dia a dia


No sábado (15), o dia deve ser de chuva em todo o estado, com descargas elétricas. As regiões Norte, Noroeste, Central, Sul e a fronteira com o Uruguai têm risco eventual de queda de granizo e rajadas de vento.


"No sábado, a preocupação é com uma chuva moderada a forte no centro-sul gaúcho. Mesmo assim, são volumes de chuva que, em média devem, ficar entre 20 e 50 milímetros acumulados em 24 horas", afirma Josélia.

Já no domingo (16), a instabilidade avança em direção à metade norte. A projeção é de chuva intensa e ventos pontualmente fortes, dizem a Defesa Civil e a Sala de Situação.


"É no domingo que a chuva vai cair com mais força, não só em áreas do Planalto, do Noroeste, mas principalmente na Grande Porto Alegre, no Litoral Norte, na serra gaúcha, e também na região do Vale do Taquari. Nessas áreas, durante o domingo, nós podemos ter em média volumes de 70 a 110 milímetros acumulados. É muita chuva, ainda mais para os padrões de junho", explica a meteorologista da Climatempo.

A projeção aponta que, na segunda (17), as chuvas tendem a seguir intensas na metade norte. Já no Sul, os ventos devem alcançar até 45 km/h.


Após esse período, as chuvas devem diminuir, com o retorno do frio ao estado, projeta a Climatempo.


"Durante o dia 20, o ar polar já deve começar a entrar com força no Rio Grande do Sul. Vai afastando essas nuvens pesadas e aí a temperatura vai cair bastante. O inverno vai começar geladinho no Rio Grande do Sul", analisa Josélia Pegorim.



Fonte: G1 RS

0 comentário

Comments


PUBLICIDADE PADRÃO.png

Destaques aqui no site!

Quem viu esse post, também viu esses!

bottom of page