top of page

RS registra mais 8 mortes por dengue em 2024

Total de óbitos chega a 191 em todo o Estado

O Centro Estadual de Vigilância em Saúde confirmou mais oito mortes por dengue no Estado nesta terça-feira (28), totalizando 191 óbitos pela doença até o momento em 2024.


Os óbitos são:


– Mulher, 93 anos, de São José do Inhacorá. Com comorbidades, ocorrido em 16/04/2024.

– Homem, 81 anos, de Erechim. Com comorbidades, ocorrido em 23/04/2024.

– Mulher, 87 anos, de Tucunduva. Com comorbidades, ocorrido em 23/04/2024.

– Homem, 66 anos, de Santa Maria. Sem comorbidades declaradas, ocorrido em 30/04/2024.

– Homem, 66 anos, de Canoas. Sem comorbidades declaradas, ocorrido em 02/05/2024.

– Mulher, 28 anos, de Porto Alegre. Com comorbidades, ocorrido em 08/05/2024.

– Mulher, 84 anos, de Porto Alegre. Com comorbidades, ocorrido em 09/05/2024.

– Homem, 72 anos, de Canoas. Com Comorbidades, ocorrido em 11/05/2024.


Prevenção e sintomas


Medidas de prevenção à proliferação e circulação do inseto, com a limpeza e revisão das áreas interna e externa das residências ou apartamentos, impedem o mosquito de nascer, cortando o ciclo de vida na fase aquática.


A Secretaria da Saúde reforça a importância de que a população procure atendimento médico nos serviços de saúde logo nos primeiros sintomas, que são:


  • febre alta (39°C a 40°C), com duração de dois a sete dias, dor retro-orbital (atrás dos olhos)

  • dor de cabeça

  • dor no corpo

  • dor nas articulações

  • mal-estar geral

  • náusea

  • vômito

  • diarreia

  • manchas vermelhas na pele, com ou sem coceira


A busca por atendimento no começo da manifestação das sensações de desconforto físico é uma maneira de evitar o agravamento da doença e a possível evolução para óbito. A SES indica o uso de repelente para proteção individual contra o Aedes aegypti.


Fonte: RD Foco

0 comentário

コメント


PUBLICIDADE PADRÃO.png

Destaques aqui no site!

Quem viu esse post, também viu esses!

bottom of page