top of page

Suspeito de matar os 4 filhos no RS já havia agredido a mulher e foi proibido de se aproximar dela

Homem tinha quatro filhos com a ex-companheira, que já havia sido agredida, se separou e pediu medida protetiva. Crianças de 3, 6, 8 e 11 anos foram mortas na casa dele, enquanto faziam uma visita

David da Silva Lemos, 28 anos, pai das quatro crianças mortas em Alvorada, no Rio Grande do Sul, e principal suspeito tinha histórico de agressões, segundo a polícia. O homem estava com os filhos que foram encontrados mortos com golpe de faca e asfixia e preso nesta quarta-feira (14).


De acordo com a polícia, o casal havia ficado junto por 12 anos e tinha se separado recentemente depois que, em setembro, ele agrediu a mãe. A vítima, 24 anos, registrou um boletim de ocorrência e conseguiu medida protetiva contra o homem.

Foto: Reprodução - RBS TV

Segundo a família das vítimas, na noite do crime, as crianças estavam com o pai para visita e voltariam para a mãe nos próximos dias.


Em entrevista, a avó materna disse que o homem já havia agredido a mãe das crianças e disse acreditar que ele cometeu os crimes para atingi-la. "Ele já agrediu minha filha. Já tinha acabado o relacionamento, não tinha nada mais a ver, mas ele fez pra atingir minha filha, com certeza, da pior forma que tem. Ele é um covarde", diz Idenise Martins da Silva.


Fonte: G1 RS

0 comentário

Comentários


PUBLICIDADE PADRÃO.png

Destaques aqui no site!

Quem viu esse post, também viu esses!

bottom of page