top of page

Suzane von Richthofen apresenta trabalho sobre maternidade em evento acadêmico

Ela estava acompanhada de amigas da faculdade e tinha credencial para participar do evento

Foto: Arquivo Pessoal

Suzane von Richthofen, condenada a 39 anos de prisão por matar os pais, apresentou um trabalho sobre maternidade em um evento acadêmico de ciência e tecnologia realizado na manhã desta quinta-feira (20), em uma universidade de Taubaté, no interior de São Paulo.


O g1 apurou que Suzane estava credenciada para apresentar o trabalho e foi ao evento acompanhada de colegas da universidade.


O trabalho de Suzane é sobre "os desafios da gestação tardia e a importância das tecnologias reprodutivas". No espaço, ela apresenta o estudo, destacado em um banner, para alunos, professores e outros pesquisadores.


O evento que Suzane está participando é a 11ª edição do Congresso Internacional de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento (Cicted), que acontece até o dia 21 de outubro no Departamento de Gestão e Negócios (GEN) da Unitau e, também, no colégio da instituição.

Foto: Arquivo Pessoal

Por meio de nota, a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) informou que Suzane foi autorizada judicialmente a participar do evento acadêmico na Unitau, como forma de atividade complementar ao curso que frequenta na Universidade Anhanguera, também de Taubaté.


Suzane na universidade


Suzane von Richthofen obteve a progressão do regime fechado para o semiaberto em outubro de 2015. A primeira saída dela aconteceu em março de 2016, beneficiada pela saída temporária de Páscoa.


Desde o ano passado Suzane está cursando biomedicina em uma universidade em Taubaté. O pedido foi feito pela defesa após ela obter nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para conseguir cursar o ensino superior.


Durante as férias da faculdade, ela ainda teve autorização para frequentar aulas de um curso particular de informática. De acordo com o pedido da defesa, o qual o g1 teve acesso, ela não estava ambientada com as ferramentas tecnológicas por causa da prisão.


Além disso, em novembro de 2021, ela foi flagrada por estudantes em um ônibus do transporte coletivo, saindo da faculdade. O transporte e as mensalidades são de responsabilidade da presa.


Fonte: G1

0 comentário

Comments


PUBLICIDADE PADRÃO.png

Destaques aqui no site!

Quem viu esse post, também viu esses!

bottom of page