top of page

Túmulo do serial killer Lázaro Barbosa é violado em Goiás

Segundo a Polícia Civil, o caixão do criminoso, morto em agosto de 2021, estava intacto

Foto: Polícia Civil

O túmulo do serial killer Lázaro Barbosa, morto em agosto de 2021, foi violado em Cocalzinho, interior de Goiás, na quarta-feira (15).


Apesar da violação, a Polícia Civil de Goiás afirmou que o caixão de Lázaro Barbosa estava intacto.

Foto: Divulgação

O serial killer era investigado por mais de 30 crimes nos estados de Goiás, Bahia e Distrito Federal. A maioria é referente a latrocínios – roubos seguidos de mortes.


A perseguição ao criminoso começou em agosto de 2021, após a morte de um empresário e de seus dois filhos, de 15 e 21 anos, a tiros e facadas, em Ceilândia (DF).


A mulher e mãe dos rapazes ficou desaparecida por três dias – o corpo dela foi encontrado depois na beira de um córrego, próximo de onde a família morava.


À época, a polícia confirmou que Lázaro também era investigado pela morte de um caseiro no distrito de Girasssol, em Goiás, no dia 5 de junho, quatro dias antes do assassinato da família em Ceilândia.


Aos 20 anos, Lázaro respondeu a um processo por homicídio em Barra do Mendes, no interior da Bahia, onde nasceu. Em 2011, já em Ceilândia, foi condenado por estupro, roubo e porte ilegal de arma de fogo.


Ele chegou a ser preso em 2018, em Águas Lindas de Goiás, mas fugiu do encarceramento poucos meses depois.


Após 20 dias de perseguição, Lázaro foi morto pela Polícia Civil de Goiás em agosto de 2021.


Fonte: CNN Brasil

0 comentário

Opmerkingen


PUBLICIDADE PADRÃO.png

Destaques aqui no site!

Quem viu esse post, também viu esses!

bottom of page