top of page

TRE-RS cassa os mandatos do prefeito, vice e vereador de São Francisco de Assis

O presidente da Câmara de Vereadores do município, vereador Antonio Eberton Luiz, assume o executivo até ser marcada a próxima eleição


Fotos: Redes Sociais - Divulgação

Na sessão plenária desta sexta-feira (02/12), o Pleno do TRE-RS decidiu pela cassação dos mandatos do prefeito, Paulo Renato Cortelini, do vice-prefeito, Jeremias Izaguirre de Oliveira, e do vereador Vasco Henrique Asambuja de Carvalho.


Os três foram condenados por prática de captação ilícita de sufrágio e abuso de poder econômico e político, nas eleições de 2020. Ananias Dorneles Soares Sobrinho foi condenado por abuso de poder econômico e político.


A Justiça declarou, ainda, a inelegibilidade de Jeremias Izaguirre de Oliveira, Vasco Henrique Asambuja de Carvalho e Ananias Dorneles Soares Sobrinho, pelo prazo de 8 anos subsequentes à eleição municipal de 2020; condenou Jeremias Izaguirre de Oliveira e Vasco Henrique Asambuja de Carvalho, individualmente, à multa no valor de R$ 26.602,50; e afastou a condenação de Paulo Renato Cortelini às penas de inelegibilidade e multa aplicadas na sentença.


No ano passado a pedido do Ministério Público de São Francisco de Assis, a Justiça Eleitoral da 79ª Zona já havia decidido pela cassação dos mandatos dos mesmos.


A representação do MPRS foi ajuizada pelo promotor de Justiça Eleitoral Vinicius Cassol a partir de investigação que constatou que Paulo Renato Cortelini, Jeremias Izaguirre de Oliveira, Vasco Henrique Asambuja de Carvalho e Ananias Dorneles Soares Sobrinho prometeram e efetivaram o pagamento de despesas de eleitores, além do fornecerem combustível e entregarem cestas básicas da Secretaria de Desenvolvimento Social, fazendo indevida vinculação da entrega aos nomes dos representado, candidatos no pleito eleitoral na época dos fatos.


O Presidente da Câmara de Vereadores do município, vereador Antonio Eberton Luiz, assume o executivo até ser marcada a próxima eleição.

3 comentários

3 comentarios


Invitado
02 dic 2022

O cerco está fechando

Me gusta

Invitado
02 dic 2022

Pelo menos em São Francisco à justiça funciona e por que em Santiago não funciona pois em época de eleição é discarada a compra de votos e distribuição de cestas básicas e ninguém faz nada, aí eu pergunto por que em Santiago ninguém faz nada, será que é medo dos coronéis da política?

Me gusta
Invitado
02 dic 2022
Contestando a

Em São Chico fizeram armação, se beneficiaram e gravaram tudo,aí tinham provas. Acho injusto, bem como você comenta pra uns pode, pra outros não.

Me gusta
PUBLICIDADE PADRÃO.png

Destaques aqui no site!

Quem viu esse post, também viu esses!

bottom of page