top of page

Unicef afirma que mais de 700 crianças foram mortas em Gaza

De acordo com informações da organização, mais de 2 mil ficaram feridas

Foto: Reprodução

A Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) afirmou que mais 700 crianças foram mortas na Faixa de Gaza e outras 2.450 foram feridas desde o último sábado, quando o conflito entre o Hamas e Israel começou. A informação foi dada por uma porta-voz à rede de TV CNN, citando fontes locais.


“De acordo com os últimos relatórios das autoridades de saúde locais e da mídia, pelo menos 2.215 palestinos foram mortos, incluindo mais de 700 crianças, e mais de 8.714 pessoas ficaram feridas, incluindo mais de 2.450 crianças”, disse a porta-voz da organização Sara Al Hattab, neste sábado (14).


Na sexta-feira (13), um ataque na rota segura para saída dos palestinos em Gaza deixou 70 mortos, entre eles, muitas crianças e mulheres.


“A matança de crianças tem de acabar”, disse o porta-voz da Unicef James Elder em um comunicado divulgado na sexta-feira.


“As imagens e histórias são claras: crianças com queimaduras horríveis, ferimentos de morteiro e membros perdidos. E os hospitais estão totalmente sobrecarregados para tratá-los.”


Ainda no sábado de manhã, terminou o prazo dado por Israel para que moradores da Cidade de Gaza e todo o norte da Faixa de Gaza deixassem suas casas. O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, durante uma visita a soldados da infantaria nas proximidades de Gaza, afirmou que “a próxima fase está chegando”.


O Exército de Israel concentrou veículos militares nos arredores de Erez, ao norte da fronteira norte de Gaza com Israel. Com o fim do prazo para retirada do norte de Gaza, as atenções se voltam a uma possível ofensiva por terra.


Fonte: O Sul

0 comentário

Comments


PUBLICIDADE PADRÃO.png

Destaques aqui no site!

Quem viu esse post, também viu esses!

bottom of page