top of page

Sucuri de 2 metros é capturada em São Borja

O réptil, da espécie Sucuri-amarela, foi capturada pelo Corpo de Bombeiros no Bairro do Passo

O encontro de uma cobra de espécie rara nesta região causou repercussão essa semana. Na manhã de terça-feira, dia 13, uma equipe do Corpo de Bombeiros de São Borja capturou uma cobra da espécie Sucuri Amarela, medindo dois metros. A captura ocorreu na Travessa Caça e Pesca, bairro Passo.


De acordo com a corporação, a Patram ficará responsável pelo réptil até esta sexta-feira, dia 16, quando uma equipe do Ibama de Porto Alegre virá a cidade para buscar o réptil para estudos.


A sucuri-amarela ou anaconda-amarela (Eunectes notaeus) é uma espécie de cobra família Boidae originária de América do Sul. É menor que a sucuri-verde (Eunectes murinus) e por isso, suas presas são menores. Não é peçonhenta e mata suas presas por constrição.A espécie possui um comprimento de 2,4 a 4,6 metros e uma massa média de 30 kg, embora possa alcançar os 40 kg.


As fêmeas normalmente são maiores do que os machos. Sucuris-amarelas, recém nascidas, medem cerca de 60 cm.Sucuris-amarelas são monogâmicas em série e possuem um período de gestação de 6 meses.


Entre abril e maio, esta espécie forma “bolas de reprodução”, um aglomerado de machos em volta de uma única fêmea. Estes grupos costumam ficar juntos por aproximadamente um mês. São ovovivíparas e o número de filhotes em uma ninhada varia entre 4 e 82, sendo que o número médio é 40. Sucuris-amarelas atingem a maturidade sexual entre 3 e 4 anos de idade.


Fonte: Observador Regional

0 comentário

Comentários


PUBLICIDADE PADRÃO.png

Destaques aqui no site!

Quem viu esse post, também viu esses!

bottom of page