top of page

São Luiz vence Grêmio e conquista a Recopa Gaúcha

Tricolor tem atuação ruim e perde por 2 a 0 no estádio 19 de Outubro, em Ijuí

Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS

O São Luiz é campeão da Recopa Gaúcha 2024. Também com alguns jogadores preservados, a equipe de Ijuí não deu chance ao time alternativo do Grêmio e venceu com autoridade no Estádio 19 de Outubro por 2 a 0.


Bruno Uvini, contra, e Gabriel Pereira fizeram os gols da decisão. Após três anos de conquistas consecutivas do Tricolor, a taça volta ao Interior.


A Recopa teve a cara da raiz do futebol gaúcho. Gramado pesado, molhado e embates físicos pela bola. Com o auxiliar Alexandre Mendes na casamata, orientado por Renato, que ficou em Porto Alegre, o Grêmio começou o jogo com duas surpresas.


A linha de defesa teve Fabio, Natã, Bruno Uvini e Mayk. Improvisado, Gustavo Martins atuou como volante ao lado de Ronald. Galdino, Nathan e Nathan Fernandes atuaram atrás de André Henrique.


Com as duas equipes ainda se estudando, o jogo ficou muito concentrado na faixa central do campo. A primeira escapada foi do São Luiz, com 10 minutos de jogo.


João Vitor avançou para o ataque e fez o cruzamento, Caíque não alcançou e a bola sobrou para Márcio Duarte. O chute sobrou nos pés do jogador, que tentou outro lançamento na área. O desvio em Fabio forçou o goleiro gremista a fazer grande defesa.


A resposta do Grêmio nasceu dos pés do próprio Fabio. O lateral aproveitou o espaço dado pela marcação, avançou no campo e fez cruzamento preciso na cabeça de Nathan Pescador. Raul se esticou todo e afastou a finalização por cima do travessão, aos 15 minutos.


Um dos destaques do jogo, João Vitor quase abriu o placar em linda jogada. O lateral passou por Nathan Fernandes e aproveitou espaço entre Gustavo Martins e Bruno Uvini para avançar.


O Grêmio só escapou de levar o gol por que a finalização passou por cima. Em outro cruzamento, Natã forçou Raul a executar outra boa defesa. O zagueiro completou cobrança de falta na área do São Luiz, mas o goleiro defendeu a finalização.


Mas ainda tinha tempo para gol. Nos acréscimos, João Vitor ganhou de Nathan Fernandes e tentou o cruzamento rasteiro. Bruno Uvini se atirou em um carrinho para afastar, mas se atrapalhou e desviou de Caíque para marcar contra: São Luiz 1 a 0.


São Luiz amplia na segunda etapa


Sem trocas na volta do segundo tempo, o Grêmio escapou de levar um gol logo no início do segundo tempo. Borasi passou entre os zagueiros e bateu Caíque, mas a arbitragem marcou um impedimento inexistente com apenas dois minutos.


O Grêmio fez três trocas de uma só vez para tentar voltar ao jogo. O volante Araújo entrou no lugar de Natã, e Rubens e Besozzi ficaram com os lugares de Galdino e Nathan Fernandes.

Melhor distribuído em campo, o Grêmio foi tomando conta das ações da partida. Só que foi o São Luiz que ficou mais perto de marcar.


Márcio Duarte cruzou e a bola pegou um efeito perigoso. Caíque recuou e preferiu espalmar para escanteio.


Em grande lance de Borasi, o São Luiz ampliou. O argentino fez um cruzamento preciso para Gabriel Pereira, que ganhou de Fabio na corrida, e completou para o gol sem chances para Caíque, aos 26 minutos: 2 a 0.


A conexão Porto Alegre e Ijuí entre Renato e Alexandre Mendes decidiu pela estreia de Jardiel. O centroavante entrou no lugar de Ronald.


O meia Bruno Cheron entrou no lugar de Nathan, também uma novidade da base. O placar só não virou goleada por outra defesa de Caíque: o goleiro buscou um chute no ângulo e evitou uma derrota ainda pior.


Sem muito entrosamento, o Grêmio não mostrou reação e teve de ouvir os gritos de "olé" da torcida local. Com o retorno dos titulares, que tiveram semana cheia para treinos em Porto Alegre, o foco tricolor volta ao Gauchão.


Com a estreia de Diego Costa, o time de Renato encara o Guarany de Bagé pela última rodada da fase classificatória no sábado.


Fonte: GZH

0 comentário

Comentarios


PUBLICIDADE PADRÃO.png

Destaques aqui no site!

Quem viu esse post, também viu esses!

bottom of page