top of page

Mais de 140 pessoas morrem em festa de Halloween na Coreia do Sul

Incidente ocorreu em beco estreito, causado por superlotação. Pessoas ficaram prensadas e caíram umas nas outras

Foto: Divulgação

Pelo menos 146 pessoas morreram em um incidente de Halloween no bairro de Itaewon, em Seul, Coreia do Sul, neste sábado (29), de acordo com o Corpo de Bombeiros de Yongsan. Pelo menos 150 outras pessoas também ficaram feridas.


O tumulto ocorreu em um beco estreito, causado por uma superlotação. Pessoas ficaram prensadas e caíram umas nas outras. Muitos dos feridos estavam em estado grave e recebendo tratamento de emergência, disseram as autoridades.


A agência de notícias Yonhap informou anteriormente que as pessoas sofreram “parada cardíaca”, atribuindo a informação às autoridades de bombeiros. Autoridades de emergência receberam pelo menos 81 pessoas no bairro de Itaewon, em Seul, relatando “dificuldade para respirar”.


As autoridades ainda não forneceram detalhes exatos sobre a causa do incidente, nem informaram o motivo da superlotação. Muitas das vítimas eram mulheres na casa dos vinte anos, disse Choi Sung-beom, chefe do Corpo de Bombeiros de Yongsan.


A polícia fechou a área no bairro de Itaewon, em Seul, e vídeos de mídia social mostraram pessoas deitadas nas ruas. O presidente sul-coreano Yoon Suk Yeol enviou uma equipe de assistência médica para o incidente de Halloween, de acordo com o gabinete presidencial.


O presidente também ordenou que as autoridades garantam leitos de emergência em hospitais próximos e implementem operações de resgate e tratamento rápidos, disse o porta-voz presidencial Lee Jae-Myung em um briefing.


Yoon estava em uma reunião de emergência sobre a situação, disse o escritório em comunicado. Testemunhas descreveram cenas caóticas momentos antes da debandada, com a polícia à disposição em antecipação do evento de Halloween, às vezes tendo problemas para manter o controle das multidões.


Imagens de mídia social mostraram centenas de pessoas amontoadas no beco estreito e inclinado esmagadas e imóveis enquanto funcionários de emergência e policiais tentavam libertá-los.


Foi o primeiro evento de Halloween em três anos depois que o país suspendeu as restrições do Covid-19 e o distanciamento social. Algumas testemunhas descreveram a multidão se tornando cada vez mais indisciplinada e agitada à medida que a noite se aprofundava.


O distrito de Itaewon é popular entre os jovens sul-coreanos e expatriados, com dezenas de bares e restaurantes lotados no sábado para o Halloween, depois que os negócios sofreram um declínio acentuado ao longo de três anos da pandemia.


Fonte: O Sul

0 comentário

Comentarios


PUBLICIDADE PADRÃO.png

Destaques aqui no site!

Quem viu esse post, também viu esses!

bottom of page